Nossos

CONTEÚDOS

#CONTEUDO

Os mercados e  profissionais precisam se adequar e se manter atualizados diante das informações e dos fenômenos ao seu redor, por isso conteúdo é tão importante.

Como vender mais na Black Friday



Considerada uma das mais importantes datas promocionais do mundo, a Black Friday é uma liquidação que nasceu nos Estados Unidos, mas que há alguns anos tem feito muito sucesso no Brasil. 


O nome dessa promoção que conquistou os brasileiros foi criado em 1950, na cidade de Brotherly Love, Filadélfia. A polícia local usou esse termo para descrever a horda de compradores dos subúrbios que foram à cidade nos dias que se seguiram ao feriado de Ação de Graças, para aproveitar as grandes liquidações de vendas que a cidade promovia antes dos jogos de futebol entre Marinha e Exército no sábado. O termo ganhou força pelos próprios varejistas da cidade para descrever as longas filas e a loucura de compras que invadiam suas lojas.


A ideia ganhou força e novas estratégias. Desde o ano 2000, a Black Friday marca o início da temporada de compras de Natal nos Estados Unidos. Entre outros motivos pelo fato do feriado de Ação de Graças representar quatro dias de folga e a sexta-feira acaba sendo o dia em que as pessoas vão às compras, preparando os presentes de Natal.

No Brasil, a Black Friday já se tornou uma das datas mais importantes do nosso calendário comercial, atrás apenas do Natal. Em 2018, por exemplo, as vendas no e-commerce foram de R$ 3,5 bilhões nos quatro dias da campanha, alta de 25% em relação ao ano anterior, segundo Ebit/Nielsen. São números realmente surpreendentes.

Edição após edição, as vendas no e-commerce batem recorde na Black Friday, impulsionadas principalmente pela confiança dos consumidores que segue aumentando. Em 2017, um estudo realizado pelo Google confirmou que o brasileiro vê a data de forma positiva. A pesquisa mostrou que 55% dos participantes usaram termos positivos, como #descontodeverdade. Enquanto apenas 8% citaram o termo #blackfraude.  

Se para o consumidor é uma oportunidade incrível de compras, para os empresários é uma oportunidade obrigatória para as lojas, principalmente as virtuais. A data da Black Friday deve permanecer marcada no seu calendário anual e ser planejada de maneira estratégica para ampliar os resultados.

Para ajudar você a vender mais na Black Friday que está chegando – será dia 27 de novembro, aqui vão algumas dicas:


1. Prepare o terreno: teste!


Muitas marcas realizam testes pré-campanha, antecipando algumas ofertas e a reação do consumidor. É uma estratégia que aquece o e-commerce, mantém sua marca na lembrança e pode potencializar vendas no dia da Black Friday.


2. Fique de olho na concorrência.


É sempre bom ver o que os concorrentes estão fazendo, principalmente em relação aos preços. Pode ser uma ótima referência para você ver se está praticando realmente preços atrativos e bons descontos para o consumidor. 


3. Reforce o seu estoque.


Se você se preparar de forma correta para a Black Friday, provavelmente precisará de um estoque, pois a demanda será maior que o normal. Dê atenção especial aos produtos que geralmente têm mais saída, pois eles tendem a ser mais comercializados também na Black Friday.


4. Impulsione o Marketing Digital.


Para alcançar bons resultados na Black Friday, você deve começar a realizar ações com pelo menos 30 dias de antecedência. Uma das opções é o remarketing: falar com os clientes da sua base de dados que já compraram na sua loja virtual, utilizando o e-mail marketing e o WhatsApp. Para eles, você pode praticar descontos exclusivos e brindes especiais.

Para os consumidores que nunca compraram em seu e-commerce, a dica é investir na divulgação do seu Produto Campeão (“carro-chefe” com um grande desconto).

5. Dê atenção especial às redes sociais.


Para ter sucesso na Black Friday, foque suas atenções para criar engajamento nas redes sociais, principalmente Facebook e Instagram, que são as duas principais mídias do momento. Uma pesquisa realizada pela (PwC) Brasil revelou que 77% dos consumidores são influenciados pelas redes sociais no momento de fechar um compra online. 

Comece a divulgar conteúdo sobre a data 20 dias antes, pelo menos, para preparar o consumidor e despertar o seu desejo de compra. Para isso, pode usar e abusar da criatividade.


6. Organize como será o frete.


Uma experiência de compra negativa pode fazer com que o seu cliente nunca mais volte ao seu e-commerce. Por isso, tudo deve ser detalhadamente bem planejado, como o frete. Na Black Friday, a atenção como esse item deve ser redobrada. Converse antes com seus fornecedores e transportadoras para que o serviço de entrega seja bem realizado, dentro do prazo acordado e com total transparência.

Aproveite para fazer do limão uma limonada: na Black Friday as pessoas acham que a entrega será demorada, então procure surpreender e fidelizar seus clientes entregando antes do prazo estipulado.

Estas são algumas dicas para você aproveitar ao máximo as oportunidades da Black Friday. É muito importante contar com a consultoria de uma agência especializada em Marketing Digital, como a Ego Comunicação, para ter todo o suporte necessário para alcançar os melhores resultados. 

10 visualizações

NOSSA EMPRESA

Há 39 anos ajudando empresas e pessoas do estado de São Paulo a alinharem suas expectativas com a sua realidade.

#criatividade #inovação #comunicação

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Santos

Av. Ana Costa 59

4º andar 

São Paulo, SP

São Paulo

Rua dos Buritis, 128 

cj. 401-B

Jabaquara - São Paulo, SP

(11) 5011-7987

sp@egocomunicacao.com

© 2019 por Ego Comunicação