Nossos

CONTEÚDOS

#CONTEUDO

Os mercados e  profissionais precisam se adequar e se manter atualizados diante das informações e dos fenômenos ao seu redor, por isso conteúdo é tão importante.

5 práticas para superar o bloqueio criativo



Todos os colaboradores, de diferentes áreas de atuação, estão sujeitos a passar por um bloqueio criativo, principalmente aqueles que trabalham em carreiras que utilizam a criatividade em seu cotidiano, como design, produção de conteúdo e música, por exemplo.

Nesse momento, você não consegue encontrar nenhuma ideia ou estímulo para desenvolver as suas tarefas. E, se prolongado por muito tempo, a sua produtividade e desempenho profissional podem ser comprometidos. Por este motivo, é importante lidar com o bloqueio criativo de forma correta.


Principais motivos de um bloqueio criativo

Antes de partimos para as técnicas de como superar o bloqueio criativo, é indispensável abordamos sobre as principais causas desse problema. Afinal, compreendendo os motivos dessa inibição de ideais, torna-se muito mais fácil encontrar e aplicar métodos que auxiliam a retomar a produtividade.

Cansaço

A exaustão mental pode interferir na sua capacidade de criar, por isso, vale programar pausas esporádicas para descansar o cérebro.

Medo do fracasso

Preocupação excessiva com o que as pessoas irão pensar do seu projeto também influenciam negativamente no processo criativo.

Perfeccionismo

A necessidade de só querer produzir algo se o resultado for perfeito pode ocasionar projetos inacabados ou não iniciados. Lembre-se, nenhuma ideia já vem pronta, é precisa aprimorá-la no decorrer do projeto.

Indecisão

Não conseguir optar por um enfoque para seu trabalho pode gerar bloqueios criativos. Nesse caso, é essencial compreender o que foi solicitado e realizar um bom planejamento.


O que fazer com os bloqueios criativos?

Agora que você já conhece os principais motivos para o sumiço das suas ideias, descubra como recuperá-las e voltar a ter um desempenho diário.

1. Mude de ambiente

Às vezes, o mesmo cenário pode reprimir a nossa criatividade. Mas, se não tiver como trabalhar de outro local, você pode organizar o ambiente. Quando tudo está arrumado é mais fácil concentrar-se no que deve ser feito. Então, se possível, mude de lugar!

2. Estimule a mente

Jogos, leitura, exercício físico ou outras atividades que façam a mente trabalhar podem ser bem efetivos. Uma opção para aquecer o cérebro e estimular a criatividade é escrever cinquenta ideias, boas ou ruins, em cinco minutos cronometrados. Depois de reler tudo, você certamente encontrará ao menos uma alternativa boa para utilizar no seu projeto.

3. Brainstorm

Conhecido também por chuva de ideias, na tradução para o português, é uma reunião para debater determinados assuntos em busca de novas soluções. Com várias mentes pensando juntas fica muito mais fácil ter ideias mais criativas, não acha?

4. Faça um mapa mental


A falta de planejamento que pode estar atrapalhando o desenvolvimento do seu trabalho. Por isso, faça um mapa mental para gerir as informações que você possui, organizar as suas ideias e definir como executá-las.

5. Faça uma pausa

Nosso cérebro só consegue permanecer focado em um mesmo objeto por no máximo 60 minutos, depois disso, a tendência é que ele se distraia. Portanto, pare um pouco o projeto, respire e faça uma pausa para descansar a mente.

Caminhe, tome um ar, converse, coma algo ou beba um café. Inclusive, vale a pena recorrer a essa bebida, pois, na medida certa, a cafeína potencializa o desempenho mental. Uma xícara é suficiente para ajudar na concentração e impulsionar a criatividade. Só não vale exagerar!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo