Nossos

CONTEÚDOS

#CONTEUDO

Os mercados e  profissionais precisam se adequar e se manter atualizados diante das informações e dos fenômenos ao seu redor, por isso conteúdo é tão importante.

Como superar o bloqueio criativo



TSeja qual for a área que se atua, todos nós precisamos da criatividade para desempenhar nosso trabalho. Consequentemente, todos nós podemos, em algum momento, travar na hora de utilizar a criatividade, afinal somos falíveis. É o que se chama de bloqueio criativo.


Isso acontece com mais frequência em atividades que exigem com mais intensidade a criatividade, como a publicidade, a arte e o design, por exemplo. Pode ocorrer uma vez ou outra, o que é normal. Porém, se aparecer com frequência e por tempo mais prolongado, o bloqueio criativo pode comprometer a produtividade e o próprio desempenho profissional.

Por que acontece o bloqueio criativo?

É importante, antes das dicas, entender os fatores que podem causar o bloqueio criativo. Compreender o que ocasiona contribui para a aplicação das técnicas e métodos para superar o problema.


O cérebro cansa

Nosso cérebro é uma máquina que também precisa de pausas. O cansaço mental atua diretamente no nível de criatividade e por isso é importante realizar pausas periódicas para descansar a mente.


Excesso de preocupação


Podemos chamar também de “medo de errar”, um sentimento de preocupação sobre o que as pessoas vão pensar do seu trabalho, suas soluções, pode prejudicar o desempenho do processo criativo.


Excesso de preciosismo


Conhecido mais comumente como perfeccionismo, representa a vontade de sempre buscar a perfeição como resultado do trabalho. Caso isso não aconteça, o trabalho é reiniciado (muitas vezes do zero) e isso interfere no prazo de entrega.

Dicas para lidar com o bloqueio criativo



1. Troque de ares, mudando de ambiente

Mudar o local do ambiente estimula a criatividade, pois você terá um novo cenário a sua volta. Não precisa ser uma mudança drástica, as vezes até mesmo a posição da mesa e do campo de visão já ajudam. O importante é tirar do cérebro a sensação de comodidade que a vista já está acostumada.


2. Coloque o cérebro para se divertir trabalhando

Divirta o seu cérebro com atividades como jogos, leitura e até mesmo exercícios físicos. Essas atividades contribuem bastante para estimular a criatividade de forma leve e descontraída.


3. Troque ideias sobre ideias

Uma das técnicas mais conhecidas é o brainstorm. Uma reunião onde são debatidos assuntos sobre o trabalho na busca das melhores soluções. O caráter colaborativo e coletivo do brainstorm ajuda na elaboração das ideias, que podem ser aperfeiçoadas ao longo da reunião.


4. Organize sua mente

Planejar mentalmente o que deve ser feito ajuda a organizar as ideias e a definir como realizá-las. Organização e disciplina são fatores essenciais para melhorar a criatividade.


5. Dê um tempinho para o seu cérebro, ele precisa

Você sabia que pesquisas mostram que o nosso cérebro só consegue permanecer focado em um mesmo objeto por no máximo 60 minutos? Uma horinha! Depois desse tempo, a tendência é que, cada vez mais, ele se distraia.


Isso significa que fazer pausas é fundamental para descansar a mente e restaurar o foco.


Nesses intervalos você pode tomar um café ou um sorvete, caminhar, bater papo e dar boas risadas. Essa pausa breve revigora a mente e te ajuda a retomar o trabalho com mais criatividade.

2 visualizações0 comentário